Notícias


A Sucessão na Empresa Familiar

   O tema sucessão costuma ser um tabu, normalmente só vem à tona com o falecimento de um membro ou quando o próprio fundador resolve tomar alguma iniciativa nesse sentido, porém, nem sempre são tomadas decisões coerentes com o desempenho profissional dos sucessores e com a realidade do mercado.
     As principais dificuldades na sucessão nas empresas familiares, não são decorrentes de questões financeiras, mas de ego e de poder. Na prática, uma sucessão empresarial sem dificuldades é utopia, prova disto é uma pesquisa da Pricewaterhouse com 2 mil empresas em diversos países desenvolvidos e mercados emergentes, onde 49% dos entrevistados brasileiros, estão apreensivos com a sucessão nas suas empresas para as gerações seguintes, outros 14% já enxergam conflitos no âmbito familiar, já 31% pretendem fazer a transmissão da gestão da propriedade e dos negócios para familiares e outros 36% dos entrevistados, com profissionais do mercado.
    O processo de sucessão deve ser iniciado o quanto antes possível, tendo um bom planejamento e principalmente quando o fundador ainda esteja ativo e com boas condições de acompanhar e preparar o seu sucessor.
Neste processo, devemos preparar o sucessor mas também o sucedido, o qual deverá estar preparado para passar a gestão sem conflitos internos, construindo valores e discutindo abertamente os temas de gestão e profissionalização. Esta preparação, não é só delegar o comando e entregar os relatórios, gráficos, informações, etc... e sim, passa pela transmissão destes valores, respeito ao trabalho até aqui realizado, empenho e disciplina as regras estabelecidas, a empresa também tem que ser preparada para esta mudanças onde fatalmente ocorrerá uma maior profissionalização da empresa em todas as áreas, principalmente o organograma da empresa, com definições de funções, atividades e responsabilidade de cada um. É recomendável e mais econômico, tomar estas medidas com antecedência e no tempo certo, do que administrar conflitos no futuro.

Gilson Laercio Monteiro                 
Diretor da Paar Consultoria            
Membro do IBGC-Instituto Brasileiro de Governança Corporativa.  
           gilson@paar.com.br
   

   Voltar