Serviços


GESTÃO DA PRODUÇÃO

A PAAR com sua equipe de profissionais, através de Metodologias, Ferramentas e Programas de gerenciamento e controle, direciona a Gestão da Produção para maior produtividade e otimização da manutenção, melhores índices operacionais, eliminando as grandes perdas e aumentando a disponibilidade dos Ativos. Alinhando os processos produtivos as melhores práticas do mercado e a padrões de Qualidade, Segurança, Organização e Sustentabilidade. Capacitando as pessoas com as competências necessárias para gerar valor, às organizações, pela gestão do ciclo de vida dos seus Ativos Produtivos.

Gestão Produtiva Total – TPM

- Manutenção Produtiva Total – programa focado na filosofia de maior integração das equipes de manutenção e produção e domínio da operação dos equipamentos. Eliminando as grandes perdas e focando a produtividade. Implantando rotas de inspeções com objetivos específicos para avaliação e análise de pontos vitais e críticos dos equipamentos/linhas de produção. Definindo através de melhorias específicas e trabalhos de pequenos grupos as condições ótimas dos equipamentos. Assim diminuindo as intervenções corretivas e planejando as manutenções. Com isto amentando o desempenho, baixando o custo e eliminando os riscos, criando uma GESTÃO eficiente da produção.

- Eficiência Global – OEE – metodologia direcionada para as organizações usarem o máximo da capacidade produtiva instalada, definindo o quanto está usando e quanto se tem de capacidade a ser explorada. Através de sistemática que identifica e elimina as grandes perdas e os gargalos de produção, distribuindo as mesmas por indicadores macros: Performance, Disponibilidade e Qualidade, onde se tem como atuar diretamente nos maiores e mais impactantes desvios do desempenho dos ativos produtivos. A Eficiência Global (OEE) permite definir o momento certo de realizar novos investimentos e de que tipo.

- Nível de Maturidade da Gestão da Manutenção -  integração da Operação e Manutenção para criar gestão de produção focado na Vida dos Ativos, através da gestão por excelência e aplicação de manutenção de classe mundial, onde temos a Confiabilidade (MCC) como sistemática de analise de falhas para garantir não recorrência. Controles do desempenho por indicadores prevendo aumentar a disponibilidade (TMEF, TMPR, TMPF...) onde teremos os tempos tratados como forma de poder viabilizar ganhos e eficiência dos profissionais. Mudança dos planos de manutenção, através do conhecimento dos equipamentos, para poder criar planos de manutenção dinâmicos. Neste nível, se busca a manutenção como atividade da operação



   Voltar